sexta-feira, 26 de janeiro de 2007

Lucia's Baby

(o pequenino, nao e o grande :P , as figuras que os adultos fazem ao pe de bebes....)


Mais um bebe lindo chegou a este mundo
E filho de 2 cientistas :)
(ah que ter coragem)

quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

Já passou mas...

Como citou o Nuno

"Feitas as contas, parece que nos arrastamos num estado de esquizofrenite crónica, em que ideias feitas meio desconexas se nos impõem, em que a ambivalência é um estado de espírito, em que o sentimento de solidão e a angústia de desfragmentação fazem parte do nosso inefável quotidiano."
Leal, Isabel, Notícias Magazine (DN), em 20070121

Joke of the day :P

A blonde enters a store that sells curtains.

She tells the salesman, "I would like to buy a pair of pink curtains."

The salesman assures her that they have a large selection of pink curtains.

He shows her several patterns, but the blonde seems to have a hard time choosing.

Finally she selects a lovely pink floral print.

The salesman then asks what size curtains she needs. The blonde promptly replies, "Fifteen inches."

"Fifteen inches?" asked the salesman.

"That sounds very small - what room are they for?

" The blonde tells him that they aren't for a room, but they are for her computer monitor.

The surprised salesman replies, "But miss, computers do not need curtains!"

The blond says, "Hellllooooooooo! I've got Windoooooows!"

(já estou mais animadinha obrigada)

segunda-feira, 22 de janeiro de 2007

lost...

Não sei bem o que se passa comigo...
Nada de especial é de certeza...
Não sei explicar...o que por um lado não tem explicação...
Sinto-me sozinha? sim...
Sinto-me meia perdida? sim...
Porque????? não faço ideia...
Quais a razões???? não existem...
Já tomei vitaminas...fizeram me sentir mal...e apanhei um virus qualquer que ainda me deixou mais confusa.
Já voltei ao desporto...e parti um dedo da mão esquerda...
O que é que o universo me está a tentar dizer?
Continuo com a ladaínha que amanhã tudo vai ser diferente e vou reagir...mas quando o dia nasce...só quero que ele acabe. Porquê???
NÂO SEIIIIIIIIIIIIIIIIIII...
Apesar de tudo eu gosto da Muito da minha vida porque não faço mais por ela, por mimmmm???
:( não sei.... Começo a achar que tenho medo de...ser feliz????

sexta-feira, 19 de janeiro de 2007

Casa do Menino Jesus lamenta que Tribunal rejeite pedidos de adopção

Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2007
Instituição da Covilhã não entende justificação.
Nos últimos dois anos, foram rejeitados quatro pedidos.
Instituição entende que as crianças não tinham possibilidade de voltar ao cuidado das famílias, como defendeu o Tribunal da Covilhã.
Nos últimos dois anos, o Tribunal da Covilhã recusou quatro pedidos de adopção de crianças acolhidas na Casa do Menino de Jesus, na Covilhã, com idades entre os 6 e os 10 anos, denunciou ontem Regina Coelho.
A directora da instituição falava durante uma conferência sobre violência doméstica e infantil, organizada no âmbito das comemorações do décimo aniversário da Escola Básica Integrada de São Domingos, em que participaram agentes da GNR ligados ao programa Escola Segura e representantes da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Risco da Covilhã.
"Para a recusa dos processos de adopção o tribunal alegou que deveria preferencialmente regressar ao seio da família", explicou, indignada, Regina Coelho ao Diário XXI, à margem da conferência. "Os pais não colaboram, não visitavam as crianças há mais de um ano, e nós não os podemos ir buscar a casa para se interessarem pelos filhos", referiu a directora da Casa do Menino Jesus. "É por estas e por outras que as crianças que acolhemos prolongam a sua permanência por mais tempo do que seria desejável", disse Regina Coelho, acrescentando que 34 por cento das crianças acolhidas na instituição, num total de 29, estão institucionalizadas há mais de seis anos. "Tenho um caso de uma menina que entrou com sete anos e já hoje tem 19", exemplificou a responsável, sublinhando que no caso dos quatro processos de adopção recusados pelo Tribunal da Covilhã, "todas tinham famílias interessadas em adoptar as crianças"

E assim a lista de pais para adoptar aumenta e a lista de crianças que poderiam ser adoptadas aumenta e ninguém fica feliz... :(

2-feira nos Pros e Contras, na RTP, o tema vai ser a Adopção...vamos ver o que os responsáveis dizem...

SOS CRIANÇA 800 20 26 51

Poema de uma criança:
O meu nome é ""Sara"
"Tenho 3 anos
Os meus olhos estão inchados,
Não consigo ver.
Eu devo ser estúpida,
Eu devo ser má,
O que mais poderia pôr o meu pai em tal estado?
Eu gostaria de ser melhor,
Gostaria de ser menos feia.
Então, talvez a minha mãe me viesse sempre dar miminhos.
Eu não posso falar,
Eu não posso fazer asneiras,
Senão fico trancada todo o dia.
Quando eu acordo estou sozinha,
A casa está escura,
Os meus pais não estão em casa.
Quando a minha mãe chega,
Eu tento ser amável,
Senão eu talvez levaria uma chicotada à noite.
Não faças barulho!
Acabo de ouvir um carro,
O meu pai chega do bar do Carlos.
Ouço-o dizer palavrões.
Ele chama-me.
Eu aperto-me contra o muro.
Tento-me esconder dos seus olhos demoníacos.
Tenho tanto medo agora,
Começo a chorar.
Ele encontra-me a chorar,
Ele atira-me com palavras más,
Ele diz que a culpa é minha, que ele sofra no trabalho.
Ele esbofeteia-me e bate-me,
E berra comigo ainda mais,
Eu liberto-me finalmente e corro até à porta.
Ele já a trancou.
Eu enrolo-me toda em bola,
Ele agarra em mim e lança-me contra o muro.
Eu caio no chão com os meus ossos quase partidos,
E o meu dia continua com horríveis palavras...
"Eu lamento muito!", eu grito
Mas já é tarde de mais
O seu rosto tornou-se num ódio inimaginável.
O mal e as feridas mais e mais,
"Meu Deus por favor, tenha piedade!
Faz com que isto acabe por favor!
"E finalmente ele pára, e vai para a porta,
Enquanto eu fico deitada,
Imóvel no chão.
O meu nome é "Sara"Tenho 3 anos,
Esta noite o meu pai *matou-me*.

Existem milhões de crianças que assim como a "Sara" são mortos.E nós podemos ajudá-las.
DENUNCIA SE VIRES OU OUVIRES ALGUMA COISA

quinta-feira, 18 de janeiro de 2007

Até vir para UK nunca tinha partido nada...já lá vão 2...deve ser da àgua :

Pois mais um dia de corfebol e... um dedo partido...
Estava com esperança que não tivesse partido mas segundo a descrição do médico:

English Doctor: como a bola empurrou o dedo para se dobrar no sentido contrário o ligamento puxou o osso e pronto... partiu..."

Me: :(

Me: OK e agora?????

English Doctor: ligadura, gelo, voltaren e volta cá 2ªfeira para avaliarmos outra vez e ver se precisa de fisioterapia"

Me: fisio...quê??????

English Doctor: sim dado o sítio onde partiu pode perder mobilidade

Me: :( ok... ou nao...



Pronto...

Ontem cheguei a pensar que estava ...gravida...mas pronto afinal era um virus...

domingo, 14 de janeiro de 2007

...aborto....

Esta história do aborto dá-me cabo dos nervossssssssssssss....arhhhhhhhhhh!!!!!

Cá fora quando falo com colegas meus alemães, holandeses, franceses e espanhois ficam sempre pasmos quando digo que o aborto não é legal em Portugal... E eu fico...pois...

O meu maior sonho é ser mãe mas respeito que uma mulher não queira ser mãe.

Eu acho que nunca faria um aborto mas considero que tenho as condições perfeitas, um namorado (agora marido) que sei que estaria sempre lá para mim e uma família linda que me apoiaria em qualquer circunstância tanto em termos pessoais como monetários.

Mas infelizmente esta não é a situação normal no mundo.

Por isso sou pelo SIM.

Hoje em dia qualquer mulher que queira abortar sabe onde o pode fazer.
Basta ter o dinheiro e pronto...
Não há cá conversas, não há cá perguntas...
Porque não pode a pessoa que não tem dinheiro também fazer um aborto em condições????

Não penso que os números de aborto venham a aumentar, se calhar até pelo contrário...pois se essas pessoas tiverem alguém com quem falar como um médico e/ou psicologo se calhar até mudam de opinião.

Mas a decisão de ser mãe deve ser plena e consciente das responsabilidades, alegrias e tristezas que daí vêm.

Eu não queria ser filha de uma mãe que não me queria e que apenas me trouxe ao mundo porque foi obrigada por lei.

Como se pode obrigar uma mulher a ter uma criança dentre de si durante 9 meses!!!!!
Como se pode achar que é egoísmo????
Se calhar é melhor a mãe escolher matar-se não? Se calhar há quem pense que é mais justo...

Outra questão é: e quem responsabiliza os homens????
As mulheres que fazem abortos porque os maridos ou companheiros as obrigam?
Quem prende estes homens????
Toda a gente sabe de histórias de homens que se negaram a ser pais e ajudar com dinheiro na educação de uma criança e a mulher tem de safar sozinha.

Destes casos os defensores do NÃO não falam...

ai...

sábado, 13 de janeiro de 2007

sexta-feira, 12 de janeiro de 2007

bébé à vista

Esqueci-me de partilhar e dado a conversa dos últimos dias aqui fica.

Ainda existem cientistas mulheres com coragem para tentarem serem mães.

Parabéns Francis!!!!!
É LINDO!!!!

E já agora em Portugal, mesmo sem ser cientista, mas minha Amiga Rita Parabéns!!! Estou a torcer por ti :)


Não estou sozinha :)

Hoje já consegui reagirrrrrrrrrrrr um bocadinho :P

Mas parece que não sou só eu com vontade de não fazer nada...Não que isso me desculpe mas pelo menos faz-me sentir menos mal e mais normal...

E aqui vão as palavras que me fizerem sorrir :

"Isto de voltar a trabalhar n esta com nada.
Ainda uma pessoa nao curou a ressaca e tem logo de aturar um chefe todoexcitado com tudo o que acha que eu consigo fazer num mes.
Ainda nao tirei a esplanada do traseiro e sinto-me obrigada a voltar aentrar no ritmo camone. Ainda sinto o sol na cara e ja estao -10
Ainda nem abati as rabanadas e tenho de arrancar o pesado coiro da cama malo dia rompe.
Desde que cheguei ainda n fiz nada e ate escrever este email esta a ser umsacrificio.
Martinha, n estas sozinha!
Resto do pessoal: ta a parar com a merda de pedir papers a toda a hora que isso so serve para alguns de nos se sentirem ainda mais inuteis e desmotivados.
Dentro do espirito de compreensao e igualdade que nos une, sugiro q toda a gente n faca a ponta ate segunda.
Podemos comecar por passar o dia a mandar mails enconatorios uns aos outros. Assim ficamos todos na merda e nao so alguns de nos, q tal?
Bjs e abracos preguicosos".
Pronto 2ªFeira começa uma nova vida ok eu prometo :)

quinta-feira, 11 de janeiro de 2007

lazy...

Quanto mais tenho para fazer menos me abetece fazer...


Quanto menos tempo tenho mais tempo me abetece perder...



ISTO FAZ ALGUM SENTIDO ?????????


Não... pois...



(tenho saudades tuas Mostovoi...)

terça-feira, 9 de janeiro de 2007

Harry Potter Forever eehhhhhhhh!!!!


LINDOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
:)

Ser Cientista ou ser mãe - porquê a questão?

É a conclusão que chego...parece que tenho de escolher...

Foi assunto hoje no lab...

Ou escolhes ser mãe e desistes ser cientista ou escolhes ser Cientista e ignoras o "relógio biológico" que te diz para seres mãe...

E "eles" dizem: "mas há mulheres que conseguem"... pois há mas a que custo? Vale a pena?
É justo para a criança?

Este problema parece ser por todo o lado, não é só um problema em portugal ou no UK...

Mas é triste...muito triste...

Eu ADORO fazer ciência, foi por isso que vim para fora do país e escolhi um lab de excelência. Para aprender a pensar e experimentar com os melhores.

Mas eu sempre quis ser MÃE mesmo antes de querer ser CIENTISTA...

segunda-feira, 8 de janeiro de 2007

dizem: "para o stress feminino" ?????

E pronto...
Este é um jogo ...diferente (como se diria no meu lab)...
Não só para Imigras...
Olha experimenta...
http://unix.rulez.org/~calver/funny/swf/girl_power.swf

Um casamento holandesoinglês

Foi giro!!!!

Gostei :)

A noiva estava linda e feliz!!!

O noivo encantado e orgulhoso da sua noiva com uma bela gravata laranja em homenagem ao país da sua amada, que bonito :)

A cerimónia foi apenas civil e apenas a família pode estar presente :(
Pois ... o "cartório" só tem espaço para 40 pessoas... sem comentários...

A festa foi num lindo colégio de cambridge http://www.cai.cam.ac.uk/map1.php


O salão de festas foi na sala de "Formal Hall" que é onde normalmente se realizam os jantares formais muito típos pelos colégios de cambridge. A sala é muito bonita com vários quadros de ilustres que estudaram neste colégio. Os mais conhecidos que por lá vi foi o do rei do do DNA Francis Crick e o do matemático Stephen Hawking.

A comida estava fabulosa e os vinhos também eram muito bons. Diferente de como é um casamento em Portugal (com menos comida é claro, que em portugal com apenas um prato principal).

A outra grande diferença mas que parece que é tradição holandesa foi o grande discurso feito pelos noivos. Discurso planeado com agradecimentos que vão desde os cozinheiros, à familia e aos amigos presentes com destaque para aqueles que vieram de longe (onde o nome de Portugal se ouviu :) )

Depois Também o padrinho do noivo discursou...sem comentários... o que valeu foi o fim...em que quase pôs o noivo a chorar :P

De seguida foi a festa propriamente dita que foi feita entre 3 salas mais pequenas, cada uma com função diferente: uma que era um bar com bebida e comida, uma era uma sala de estar e conversar e a outra era uma pista de dança enfeitada elegantamente com balões e fitas brilhantes. Mais uma vez...foi diferente, mas sinceramente acho que funcionou bem.

Os noivos abriram a pista com uma música nada clássica dos Morcheeba : "Rome Wasn't Built In A Day" mas foi LINDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Bem ppronto gostei mesmo desta nova experiência.

Desejo mesmo muito que sejam MUITTTTTTTTTTTOOO FELIZESSSSSSSSSSSSSSS

domingo, 7 de janeiro de 2007

Tão sozinha no meio dos amigos...

Pois... esta foi a minha entrada em 2007:
A chorar... a vomitar... tudo cá dentro estava em revolução...
Não percebi...

Na verdade penso que foi a certeza de que "as coisas" já não são as mesmas como eram antes de eu ter saído de Portugal...
Quando discuti isso com Amigos disseram-me: "isso é normal"...

PORQUE É QUE É NORMAL ?????????????????
Eu não quero ser normal...
Eu quero os meus Amigos como eram antes...
Eu sempre pensei que entre nós ía ser diferente...
Que íamos estar juntos até termos 100 anos e íamos partilhar juntos alegrias e tristezas como era quando andavamos na escola...

Mas parece que não... todos temos as nossas vidas agora... e apesar de nos lembrarmos todos uns dos outros cada um está a seguir uma estrada diferente...

Ganhei muito em termos pessoais ao sair do meu país...mas também sinto que perdi bastante...

último Ano...

Pois é... este é suposto ser o meu último ano como imigra...
Sinto um conflito de emoções quando penso nisso...
Por um lado é óptimo : VOU VOLTAR PARA PORTUGAL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Mas... por outro.... nem sei bem o que dizer...
Primeiro que tudo o grande stress é: tenho de acabar o meu doutoramento... Como se acaba o doutoramento!!!!!!!!!!!!!!!!AGRRRRRRRRRRRRHHHHH!!!! Que nervos... como é que eu sei que é ali que acaba??? É que isto não é um contracto de trabalho que acaba no dia x... Quando sei que já chega?????? Isto assusta-me tanto...
Segundo...e depois???? O que vou fazer?????
Apesar de todos os defeitos deste país, de estar longe de Amigos e família e de estar sempre a pensar em voltar para Portugal a grande VERDADE é que eu não fui infeliz por aqui...muito pelo contrário...
ADORO o meu laboratório, o meu chefe e os meus coleguinhas.
Entre estes colegas posso dizer hoje em dia que tenho Amigos que nunca vou esquecer.
Adoro o que estou a fazer e o "espaço" que o meu chefe me dá para experientar tudo o que me passa pela cabeça :)
Aprendi imensssssooooooooooooooo, como nunca pensei.
Conheci pessoas espectaculares a nível cientifico e pessoal.
Conheci pessoas tão diferentes e tão maravilhosas :)
Não sei se será possivel encontrar um outro local de trabalho no mundo que eu possa gostar tanto como este. Como o vou encontrar em Portugal?