quinta-feira, 30 de agosto de 2007

A menina que nunca chorava


Depois da Criança que não queria falar , li o seguimento da história em A menina que nunca chorava .

Aqui fica um cheirinho :

Torey Hayden publicou A Criança Que Não Queria Falar, em 1980, relatando o caso verídico e comovente da sua relação com uma menina de seis anos que aparecera, gravemente perturbada, na sua aula de ensino especial. Ao longo de vários meses a jovem professora lutou para fazê-la desabrochar sob o calor generoso da sua espantosa intuição e amor e levá-la a descobrir um mundo que podia ser luminoso. Separadas pelas contingências da vida, só voltam a encontrar-se anos mais tarde quando Sheila já tem 13 anos. Para surpresa de Torey, a adolescente parece ter perdido uma grande parte das memórias dos primeiros tempos que passaram juntas e, à medida que elas ressurgem do passado com os sentimentos que lhes estão associados, a sua competência de terapeuta e a sua devoção vão de novo ser duramente postas à prova.

Comentários da página da Editorial Presença
""A criança que não queria falar" e "A menina que nunca chorava" foram, talvez, os livros mais dificeis que li. Uma angústia tremenda acompanhou-me durante as leituras, que descreve o sofrimento sem limites de uma pequena criança, mas que ao mesmo tempo era um ser humano gigante. Os meus "sofrimentos" foram repensados. Senti-me minúscula perante uma menina de 6 anos. Jamais esquecerei."
Inácia Anjos


Lendo isto pensa-se mesmo que há pessoas mesmo horríveis neste mundo...

O que esta criança passou...

Mas penso que esta história real tem de nos fazer reagir... Reagir de alguma forma, forma que eu também não sei qual... Mas temos de fazer algo...

Eu vou perdoar o meu Amigo e ver se consigo que ele seja alguém que comece também a pensar no que faz...

2 comentários:

PsiPages disse...

Hoje acabei de ler o livro Murphy's Boy, da mesma autora.
Fez-me questionar este mundo, não só enquanto profissional, mas sobretudo enquanto ser humano...
De facto, não sabemos proteger as nossas crianças.

Anónimo disse...

oi, será que alguem que leu o livro a menina que nunca chorava me podia enviar um resumo alargado do livro po meu mail??? é urgente.
beiju*
deixo o mau mail: xana_cviana@hotmail.com