segunda-feira, 7 de maio de 2007

Mais um fim de semana em Lisboa e...

Pois foi...
Já tinham passado 3 semanas desde as férias da Páscoa e eis que era hora de voltar a Portugal.
Foi principalmente para aproveitar o fim de semana prolongado visto 2feira ser feriado em terras de sua majestade (1ºde Maio com 1 semana de atraso...).
Sentia que precisava...
As últimas férias da Páscoa não foram uma fonte de energia mas mais um balde de àgua fria... Por isso tinha mais uma vez muita esperança neste fim de semana...
Eu sempre fui muito emocional com tudo, com a lágrima sempre pronta no canto do olho, mas também sempre fui muito alegre e positiva (quase sempre...)
Os altos e baixos do meu humor for algo sempre presente na minha vida mas sempre pensei : "quando fôr grande isso passa"... Grande? Adulta queria eu dizer...
Mas a grande verdade é que os meus humores de adolescente ainda estão presentes agora que me aproximo dos 31 anos...
Quando era "teen" passava horas deitada na minha cama a olhar literalmente para o tecto... A minha mente estava longe e viajava por todos os meus sonhos e desejos...
Agora continuo "a olhar para o tecto" de formas diferentes, seja durante um filme ou durante uma reunião do lab mas já não viajo pelos meus sonhos e desejos mas perco-me nos medos e nos "e se"...
Desde Janeiro último que os meus humores têm variado pouco, mantendo-se mais tristes e desanimados...
Razões? Posso até ter mas também tenho bastantes razões para sorrir e está dificil...
Como uma Amiga me disse: "estás com medo de voltar?"
Eu fiquei em choque e respondi a verdade que estava apertada no meu coração : Sim...
Ela sorriu e disse: "que curioso...à 3 anos tínhas medo de ir"
Pensei no assunto e acho que estou a sentir desenraizada (ou como é que isto se escreve)... a verdade é que me falta muita coisa aqui mas a minha vida é aqui agora...
Eu ganhei tantos Amigos, pessoas com quem adoro falar e estar e uma rotina.
Como outra Amiga já me tinha dito e eu não tinha acreditado :"olha que que daqui a 3 anos até te vai custar voltar"...nunca pensei...
Estou com uma contradição de sentimentos e não estou a saber lidar com eles...
Isto também porque este fim de semana foi cheio com muitos planos com família e Amigos.
Tive um jantar como já não tinha há muito tempo com Amigos, com tempo e "espaço" para conversas e gargalhadas. Foi muito bom mas tenho um mas...e isso deixou-me triste...
Senti-me um bocadinho de fora....desculpem...
Estou de volta a cambridge agora e o meu coração está apertado...
Sinto-me perdida no mundo...
Não é aqui que quero estar...mas onde eu achava que queria estar não sei onde é o meu lugar...

6 comentários:

Patsy Dear disse...

Ó António Variações, encarnaste na Martense?! :)

vera disse...

linda!
desde k estejas bem contigo! estás sempre no lugar certo! tu sabes!
beijos
p.s. - volta a viajar pelos teus sonhos...

Mafalda disse...

Martense...
Não tenhas MEDO de seguir os teus instintos!!o mais importante do mundo é TU SERES FELIZ!o resto...logo se vê...as dúvidas sempre existirão...ARRISCA E ATREVE-TE EM BUSCA DOS TEUS SONHOS!!
Os teus verdadeiros amigos estão sempre contigo,onde quer que tu estejas,onde quer que decidas ficar!
E não peças desculpa, nem te sintas culpada...MUDAR faz parte da vida!!
Beijo muitoooo grande!!

Marta disse...

Com todas estas palavras já não me resta muito para dizer. Só que estamos aqui para o que for preciso e quando for e onde for.
Desde que te sintas bem, nósa sentimo-nos bem.
E nada disso de te sentires fora. Estás sempre dentro ;)
Beijoca enooooorme :)

Martense disse...

Tambem gosto muito de voces
:P

jc disse...

Que lindo a força das amigas, a amiga Martense!
Até fiquei com uma lagrima no canto do olho citando Bonga :-)
Beijitos lindos

PS: E, eu que sou uma especie de imigrante do amor? O amor vai sempre onde estamos! Ele está aqui tão perto de nós.

http://jc-manera.blogspot.com